08/06/2015

Alimentos que ajudam a melhorar a nossa imunidade

Oi amiga,

O inverno chega e com ele as doenças batem em nossa porta. Para não deixarmos elas entrarem, além da resistência imune natural que temos, devemos cuidar muito bem de nossa alimentação, pois nela está presente vários ingredientes que zelam pela a nossa saúde ajudando também a melhorar a nossa imunidade.

Veja:

1- Frutas cítricas

Embora não tenha estudo científico comprovando que a vitamina C previne a gripe ela aumenta a nossa imunidade.
Um estudo publicado no Annals of Nutrition & Metabolism e outros afirmam que a vitamina C melhora o nosso sistema imunológico, aumentando o número de anticorpos capazes de combater microorganismos que tentam entram em nosso organismo.

Legado de maria- frutas- cítricas- gripe

2- Mel

O mel também estimula o nosso corpo a produzir anticorpos.

Legado de maria- saúde-mel-gripe

3- Alho

O alho tem atividade antiviral, antibactericida e antifúngica, fortalecendo o nosso sistema imunológico.

Alho-legado de maria- saúde- gripe

4- Geleias

As geleias também tem o poder de combater as bactérias e vírus.

Legado de maria- saúde- gripe-geleias

5- Laticínios

Os laticínios contém microorganismos que auxiliam em nossa defesa, impedindo a entrada de microorganismos nocivos para a nossa saúde.

Laticínios-legado de maria- gripe- saúde

6- Vegetais verdes escuros

Vegetais verdes escuros (brócolis, couve, espinafre), feijão, cogumelo (shimeji) e fígado contem ácido fólico que ajuda na produção de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo.

Verduras-legado de maria- gripe-saúde

7- Antioxidantes

A castanha-do-Pará e cogumelos contêm selênio, que é um excelente antioxidante que combate os radicais livres, ajudando na imunidade do corpo além de acelerar a cicatrização do organismo.

Cogumelos-legado de maria-saúde-gripe

8- Gengibre

O gengibre é rico em vitaminas C e B6, além da ação bactericida, que auxilia a tratar inflamações da garganta e auxilia nas defesas do organismo.

Gengibre-legado de maria- saúde-gripe

9- Pimenta

A pimenta é rica em betacaroneto, que se transforma em vitamina A, que ajuda a proteger o organismo de infecções.

Pimenta-legado de maria- saúde-gripe

10- Alimentos ricos em zinco

Leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico),carne, cereais integrais, castanhas e sementes são ricos em zinco, nutriente que ajuda a estimular o sistema imunológico

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te ajudado!

Beiiijos,

Maria Célia
03/06/2015

O mal dos refrigerantes

Oi amiga!
Você sabia que o consumo constante de refrigente pode envelhecer mais precocemente? Além de serem calóricos, cheios de açúcar e pouco nutritivos?!

Refrigerante-saúde-legado de maria

Veja esta pesquisa realizada na Universidade da Califórnia, nos EUA.
Durante cinco anos, foram avaliadas 5 mil pessoas. A pesquisa mostrou que o grupo de pessoas que bebia refrigerantes todos os dias tinha as extremidades de seus cromossomos, chamadas de telômeros, mais curtas. Quando os telômeros são mais curtos, se torna mais difícil a regeneração celular, aumentando assim o risco para patologias como o câncer e o aceleramento do envelhecimento.

Você não fica sem refrigerante amiga?!
Então tome o diet apenas nos finais de semana. O estudo mostrou que o grupo que bebia este tipo de refrigerante, os seus cromossomas não foram danificados.
Mas não se esqueça que o diet tem muito sódio em sua composição, portanto seu uso excessivo também não fará bem para a sua saúde.
O bom mesmo e saudável são os sucos de frutas naturais, concorda?!

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te ajudado!

Beiiijos,

Maria Célia
28/05/2015

Descubra como você pode ajudar a acabar com a dengue

Legado-de-maria-dengue2

Olá, amiga.

Não está fácil combater a dengue, não é mesmo? É que os mosquitos se reproduzem no mínimo acúmulo de água limpa que tiver exposto e se proliferam facilmente. Nessa época de garoa e chuva constante, se não tomarmos ainda mais cuidado, não será muito difícil perder o controle da situação. É por essas e outras que precisamos conscientizar mais e colaborar para erradicar essa doença. Como ainda não existe vacina contra a dengue, a melhor forma de se evitar a doença é combater os focos para impedir o criadouro do mosquito.

Veja como é fácil fazer a sua parte para proteger a sua família e todos que vivem próximos de você:

– Retirar os pratos dos vasos de plantas ou enchê-los até a borda com areia para não ter acúmulo de água;
– Eliminar do pátio todos os materiais que não estão sendo usados;
– Proteger os ralos com telas milimétricas (malha de 1mm entre nós);
– Limpar semanalmente as calhas;
– Manter bem fechados os recipientes que armazenam água para consumo;
– Intensificar os cuidados durante as chuvas para evitar o acúmulo de água em qualquer recipiente.

Legado-de-maria-dengue1

Segundo o relatório divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (26), entre março e abril o número de casos de dengue caiu 27% no Brasil, mas o preocupante é que aumentou em 13 Estados e no Distrito Federal neste mesmo período.

No mês de março, considerado o período de pico da transmissão, foram registrados 337,7 mil casos de dengue. Uma verdadeira epidemia. Já em abril o número de casos caiu para 246,6 mil.

Veja o agravante ainda maior, amiga: o Ministério da Saúde também foi notificado de 290 mortes e 505 casos graves no mesmo período de 2015.

Nós, brasileiros preocupados, estavamos com esperança e torcendo para a queda de transmissões desta doença com a chegada do frio, mas infelizmente ocorreu o contrário, houve um aumento nos casos.

 

Veja os Estados onde houve aumento nos casos de dengue:

Roraima, de 55 para 85 casos;

Tocantins, de 2.370 para 2.504 casos;

Piauí, de 1.441 para 1.637;

Ceará, de 7.393 para 12.249;

Paraíba, de 2.502 para 3.602;

Alagoas, 1.712 para 1.773;

Sergipe, de 1.054 para 1.078;

Minas Gerais, de 28.829 para 39.790;

Espírito Santo, de 1.525 para 2.676;

Paraná, de 15.380 para 19.521;

Rio Grande do Sul, de 555 para 1.130;

Mato Grosso do Sul, de 4.560 para 4.799;

Mato Grosso, de 2.473 para 2.861;

Distrito Federal, de 965 para 2.103.

Em comparação ao mesmo período de 2014, houve um aumento dos casos de dengue de 155,5%.

Muito triste!

Vamos colaborar, amiga? Converse com sua família, amigas e vizinhos para colaborarem também.

Espero que eu tenha te ajudado.

Beiiijos,

Maria Célia
20/05/2015

7 dicas para se proteger de doenças respiratórias no frio

Olá, amiga.

Quando o friozinho do outono e inverno chega, o tempo costuma ficar mais seco por que a qualidade do ar acaba piorando e é nessa hora que as doenças respiratórias começam a dar as caras de verdade, nos deixando doentes e atrapalhando toda a nossa rotina. Mas temos como controlar um pouco essa situação, basta criarmos pequenos hábitos diariamente. Veja algumas ideias:

1 – Procure manter os ambientes que você fica mais tempo, sempre arejados;
2 – Lave frequentemente as mãos;
3 – Limpe as narinas com soro fisiológico várias vezes por dia;
4 – Faça exercícios físicos;
5 – Beba muito líquido, principalmente água. Já fiz um post aqui no blog explicando como você pode calcular a quantidade diária ideal de água para você. Para ler, é só clicar aqui.
6 – Nas refeições principais, invista também em bastante verduras e legumes;
7 – No café da manhã e lanches do dia, coma alguma fruta, especialmente as que são ricas em vitamina C.

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te ajudado.

Beiiijos,

Maria Célia
13/05/2015

7 dicas para acordar com disposição

Senior Woman Stretching in Bed

Olá, amiga.

Às vezes é difícil sair da cama cedo e com disposição para trabalhar, não é mesmo? Ainda mais agora que o friozinho começou a dar as caras. Me diz aí. Quantas vezes você pegou no tranco e engatou a quinta marcha somente no final da manhã? Muitas, não é? Confesso que eu também. Você sabe a causa maior deste problema? A privação do sono. Se privar do sono com certeza te levará a um déficit de memória, alteração de humor, falta de atenção e muitos outros problemas, inclusive de saúde, a sonolência vai acabar sendo o menor dos problemas, viu?

O pneumologista Geraldo Lorenzi Filho, coordenador da Residência Médica em Medicina do Sono do Incor e médico do Laboratório do Sono do Hospital Santa Cruz, em São Paulo refere que “antes, no começo do século XX, dormíamos cerca de nove horas por noite, hoje a média é menor do que sete horas”. Duas horinhas de sono a menos significa muito, lembrando que naquela época não tinha a correria e o estresse de agora.

Outro fator que influencia no sono é a genética. “Também existem aspectos genéticos, pessoas que têm tendência a acordar e dormir muito tarde ou muito cedo. Só que essa é uma porcentagem muito pequena da população”, frisa a pneumologista Sonia Togerio, pesquisadora do Instituto do Sono, da Unifesp, em São Paulo. Dentro da genética, segundo Lorenzi, existem pessoas que tem uma tendência maior a dormir e acordar cedo, enquanto outros dormem e acordam mais tarde. Mas, “a maior parte das pessoas é flexível, pode se habituar a acordar cedo”, ensina Lorenzi.

Além disso, existem aqueles que por natureza dormem pouco e outros que dormem demais, que possuem a dificuldade em acordar cedo pela necessidade do organismo de dormir mais que a média. “Isso é muito individual e pode variar também com a idade”, salienta Sônia.

Recentemente eu escrevi um post aqui no blog com 9 dicas para você ter uma boa noite de sono e consequentemente acordar mais disposta no outro dia. Clique aqui para ler. Além dessa rotininha que você pode fazer ao chegar em casa, tem essa que você pode fazer antes de sair de casa:

1 – Quando o despertador tocar, jamais aperte a opção “soneca” que tanto atrapalha a rotina. Também não coloque o celular para despertar com horários seguidos, por exemplo: 8:00 horas, 8:10 horas, 8:20 horas. No post que falei acima eu expliquei os motivos, portanto, se arraste, mas levante dessa cama, amiga! hahaha

2 – As pessoas não tem costume de se alongar e isso faz um bem danado para o corpo e também te ajuda a deixar a preguiça aonde ela tem que ficar: na cama. Quando se levantar, se espreguice até achar que não precisa mais, se alongue bem e em seguida…

3 – Corra para o banheiro, tire esse pijama e tome um bom banho, ele te ajudará a despertar.

4 – Coloque uma música alegre para tocar enquanto você se arruma e prepara o café da manhã.

5 – Tome café antes de sair de casa – e, se possível, durante o dia -, se você não gostar de café, pode tomar leite com chocolate ou chá. Essas bebidas são estimulantes e te ajudarão a se manter acordada.

6 – Se você gosta e tem tempo de fazer exercícios físicos, faça! Isso certamente te ajudará não só a manter a saúde em dia quanto ficar bem acordada. Se você não tem tempo de fazer atividades físicas de manhã, mas tem à noite, depois do trabalho, aproveite! Mas tem que ser no máximo 3 horas antes de você dormir, senão atrapalhará o seu sono, você não terá uma boa noite e vai acordar acabada no outro dia.

7 – Reserve uns 15 minutinhos após o almoço para “meditar” antes de voltar ao trabalho. Meditar que eu digo é sentar em um lugar confortável e que tenha uma quantidade boa de silêncio (ou que você possa colocar um som agradável nos fones de ouvido como barulho de mar ou chuva) e tentar não pensar em nada, isso ajuda você a descansar mais do que você imagina.

Amiga, se você tem dificuldade de dormir e/ou de acordar bem disposta mesmo praticando todas essas dicas, chegou o momento de você procurar ajuda profissional para maiores orientações e até mesmo para provável uso de medicação.

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te ajudado!

Beiiijos,

Maria Célia
Topo