Nascida em Araxá, mineira desconfiada, mora em Franca (SP). Médica, casada e mãe de quatro filhos. Viciada em cremes anti-age, apaixonada por moda, beleza, viagens e pelos requintes sabores da gastronomia. O seu maior desejo é trabalhar para viver uma vida saudável... e não viver para trabalhar, porque conciliar carreira, família e qualidade de vida é um dos maiores desafios da mulher moderna.
Do fundo do baú
São Paulo: Restaurante Forneria San Paolo31/05/2015
Oi, amiga. Como você já deve ter percebido, eu adoro conhecer restaurantes ...
Portugal: Restaurante Tia Alice31/05/2015

Oi, amiga.

Tirei uns dias de férias recentemente e viajei com ...

Portugal: o Santuário de Fátima31/05/2015

Oi, amiga.

Continuando a série de posts sobre a minha viagem &...

Facebook
Instagram
Fale comigo
Portugal: o Santuário de Fátima
Segunda-feira
10/04/2017

Oi, amiga.


Continuando a série de posts sobre a minha viagem à Portugal, aonde na primeira parte eu falei sobre curiosidades e dicas de passeio em Lisboa (clique aqui para ler) e na segunda parte falei sobre lugares para comer e se hospedar em Lisboa (clique aqui para ler), hoje vou falar de um lugar muito especial que conheci por lá: o Santuário de Fátima.


Já comentei aqui no blog algumas vezes que sou uma pessoa de muita fé, então eu não podia deixar de visitar esse local. Ele fica a 130 km ao norte de Lisboa, então dá para fazer um bate volta, como fizemos e vale muito a pena, pois é um lugar de muitas coisas boas, cheio de história e muito bonito.

O santuário começou com uma pequena capela em 1917, local onde Lúcia, Jacinta e Francisco viram Nossa Senhora pela primeira vez. Ele foi crescendo cada vez mais até que se tornou um dos maiores e mais famosos centros de peregrinação católica do mundo. Atualmente ocupa uma área que é o dobro do tamanho da Praça de São Pedro, no Vaticano. Consegue ter ideia do tamanho? É impressionante!


O lugar mais requisitado pelos peregrinos para demonstrarem a sua fé é na Capela das Aparições, onde ficava a azinheira sob qual a Virgem apareceu. A árvore não existe mais, pois não resistiu aos galhos arrancados pelos próprios peregrinos.


Em seu lugar, ficou e permanece a famosa imagem de Nossa Senhora. Diariamente tem missas em diferentes idiomas e várias vezes ao dia. Bem do ladinho da capela, você pode comprar velas e acendê-las no meio de outras centenas e mais centenas de velas. É um momento de muita emoção acender a sua vela e fazer o seu pedido e dar o seu agradecimento em meio à outras se acendendo no mesmo momento, outras se derretendo e outras já totalmente queimadas, tudo isso ao som dos sussurros das orações de pedidos e agradecimentos. É uma energia que hipnotiza e que contamina a gente.


Se você for devota de Nossa Senhora, não pode deixar de conhecer se viajar à Portugal também.


Espero que você tenha gostado e se inspirado.


Beiiijos,

fim
Posts relacionados
São Paulo: Restaurante Forneria San Paolo
Portugal: Restaurante Tia Alice