20/05/2015

7 dicas para se proteger de doenças respiratórias no frio

Olá, amiga.

Quando o friozinho do outono e inverno chega, o tempo costuma ficar mais seco por que a qualidade do ar acaba piorando e é nessa hora que as doenças respiratórias começam a dar as caras de verdade, nos deixando doentes e atrapalhando toda a nossa rotina. Mas temos como controlar um pouco essa situação, basta criarmos pequenos hábitos diariamente. Veja algumas ideias:

1 – Procure manter os ambientes que você fica mais tempo, sempre arejados;
2 – Lave frequentemente as mãos;
3 – Limpe as narinas com soro fisiológico várias vezes por dia;
4 – Faça exercícios físicos;
5 – Beba muito líquido, principalmente água. Já fiz um post aqui no blog explicando como você pode calcular a quantidade diária ideal de água para você. Para ler, é só clicar aqui.
6 – Nas refeições principais, invista também em bastante verduras e legumes;
7 – No café da manhã e lanches do dia, coma alguma fruta, especialmente as que são ricas em vitamina C.

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te ajudado.

Beiiijos,

Maria Célia
25/03/2015

Minha rotina de pequenos rituais relaxantes

Woman drinking tea in the bath

Olá, amiga.

Não sei se você já parou para pensar, mas parece que atualmente os dias estão passando cada vez mais rápido e a sensação é de que eles estão cada vez mais curtos, simplesmente não dá para fazer tudo o que gostaríamos em 24 horas. Se não nos cuidarmos, somos devoradas pelo stress.

Para evitar que este mal me aconteça eu recorro à algumas técnicas pessoais. Uma delas é um encontro comigo mesma. Gosto de reservar um tempo para conectar o meu corpo com a minha mente e com o meu espírito. É um momento somente meu, onde estou acompanhada do silêncio, energia positiva e da presença de Deus. Momento em que converso com ele, peço a sua bênção e proteção. Saio desta conversa serena e revigorada.

Este encontro independe de horário, é realizado a qualquer instante do dia, faz parte de minha rotina e me fornece forças para eu manter o equilíbrio, principalmente quando ele é ameaçado.

Trabalhar corpo, mente e espírito é uma excelente rotina tranquilizante e é importante dizer que independe de religiões. Continue lendo e veja como ele se encaixa em várias situações.

1-Café da manhã

Esta é a minha refeição predileta durante a semana. Não abro mão de ser na minha cama. Adoro! Ele é saudável e reforçado, colorido pelas frutas, cereais, iogurte, suco, pão integral, queijo fresco, café e leite. Cada levar em minha boca me faz ter um despertar mais tranquilo, sinto o sabor da alegria junto ao silêncio e o nascer do sol. Não há melhor maneira de cumprimentar o dia.

2- Respiração e meditação

Ao terminar o meu café, aproveito que estou rodeada pelo silêncio e concentro na minha respiração. É desta maneira que eu me busco, me encontro e fico em paz comigo mesma e com o meu Deus.

3- Credo pessoal

Assim como as empresas têm uma missão, visão, valores, credo que norteiam os seus objetivos, nós também devemos ter. Basta uma frase ou palavra forte que nos faz lembrar quem somos, o que queremos e para onde vamos. As palavras, principalmente com ênfase e repetidas com fé, tem poder e é um excelente apoio para momentos de ansiedade e stress.

Então, amiga, após o meu encontro com Deus e comigo mesma, eu digo e medito sobre a frase que será o meu objetivo do dia e nela eu invoco o nome do Senhor. As vezes não tem frases, mas as situações que estou vivendo faz fluir pelo menos uma palavra que já é o suficiente, eu a repito para afastá-la de mim se for ruim e digo: “Meu Deus, afaste mim e cito a palavra” ou “Meu Deus, aproxime-se de mim… e cito a palavra” se ela for me fazer o bem.

Parece que este ritual é demorado, mas com o hábito ele se torna rapidinho. Eu demoro, porque como falei, curto muito o meu café da manhã. A média é de 20-30 minutos. Se estou atrasada, faço em 10 minutos. Interessante a mente, ela se torna preparada para nos atender.

A respiração e o meu credo pessoal são meus parceiros no trabalho também, em momentos de stress aciono-os imediatamente. Aliás, são meus eternos companheiros, preciso sempre deles hehehe

Antes de trabalhar, também peço a Deus para abençoar o meu trabalho e o de minha família.

Rezo muito, viu amiga?!

4- Conversar

Um tempinho livre que eu tenho no trabalho, gosto de bater um papo com quem trabalha comigo. Uma prosinha mesmo rapidinha e que se repita com o passar dos dias, me faz muito bem, além da oportunidade que me trás de conhecer as  pessoas e dar importância também para elas. Isto é gratificante e prazeroso para os dois lados.

No meu horário de almoço é muito gostoso e relaxante sentar do lado do meu marido, almoçar com ele batendo um papo sobre o nosso dia, sobre os nossos acontecimentos individuais, conjugais e familiares, sobre os nossos planos para o final de semana, férias e futuro se preciso for. Esta conversa proporciona aconchego e intimidade. Depois deste almoço retorno para o trabalho mais relaxada e leve. O meu almoço contribui porque ele também é leve.

Ah! Tem um post muito legal aqui no blog que eu escrevi recentemente com dicas para melhorar o seu relacionamento conjugal. Clique aqui para ler.

5- Cafézinho

Adoro um intervalinho no trabalho para tomar café. O café é energizante e ver a fumacinha fluir, o aroma e sentir o seu paladar, hummm, me faz voltar para o trabalho com mais disposição e vigor. Tem dias que eu quero um bate papo me acompanhando e tem aqueles dias que quero tomar o meu cafézinho sozinha, dependerá do meu humor. Mas uma coisa é certa, do meu cafézinho não abro mão.

6- Banho

Banho é um excelente relaxante, portanto, aproveito cada minuto da ducha para lavar também a minha alma. Nos finais de semana a banheira completa o relax com os ingredientes apropriados para a ocasião. Tenho o meu ritual ultra relaxante indispensável pós banho: usar os meus cremes. A minha família diz que demoro mais para passar os meus cremes do que para tomar o meu próprio banho hehehe Adoooro!!! Sou viciada em cremes. Eles fazem bem para a minha pele e para a minha mente pois me acalma.

Já fiz post aqui no blog sobre alguns deles. Se você quiser conhecer, é só clicar aqui para ler.

7- Jantar

Amo jantar! Janto com o meu marido e continuamos a nossa conversa do almoço e assistimos as notícias da TV e as comentamos. É um relax para nós dois!

8- Internet

Faz parte de mim. Gosto de me conectar com o mundo, cair nele sem sair da cama ou do sofá. Além do prazer, me acalma e me distrai. Esse é um dos momentos que reservo para escrever para o Legado de Maria, que fico por dentro de assuntos bacanas e estudo muito para trazer conteúdo relevante para você.

9- Reflexão do dia

À noite, já com o abajur aceso e luzes apagadas, faço uma reflexão do meu dia. Aliás, já é tão natural, o dia vem em minha mente sem eu acionar a minha memória, trazendo as alegrias e as tristezas caso aconteceram. Reflito sobre que ponto eu poderia melhorar, se houve algum erro e já crio um plano de ação para acertar na próxima situação. E sempre com pensamentos positivos, que é uma maneira de me libertar, assim evito também pensamentos negativos que considero destrutivos.

10-Gratidão

Não durmo sem rezar e agradecer a Deus pelo meu dia concebido e também pelo dia de minha família. É um ritual tão simples e maravilhoso. Agradeço por tudo aquilo que tenho e por todas as pessoas que marcam uma presença positiva em minha vida. E oro também pelas que precisam de ajuda. Como eu falei amiga, sou rezadeira hehehe.

 11- Leitura

Gostaria de ler mais, mas o tempo não me permite. Ainda chego lá, viu?! Mas pelo menos um pedacinho de um poema, poesia, textos sobre liderança, que eu gosto muito, eu leio. Virar páginas de um livro, hummm, que sensação prazerosa isso me dá. Você já parou para reparar como é bom? Às vezes o prazer está em coisas tão pequeninas que só prestando bastante atenção nós passamos a perceber.

12- Anotações

Além do meu iPhone, iPad e computador, eu tenho o meu caderninho de anotações pessoais onde rabisco sobre os meus dias, pensamentos, poesias, frases de motivação, opiniões e inspirações, etc. Considero um ritual relaxante com conteúdo inspirador. Muitos dos textos da tag Legado de Maria nascem neles.

13- Massagem corporal modeladora

Adoro! Já viu né, amiga, tem cremes e tudo que sinto um toque de prazer eu me rendo. Gosto tanto que faço três vezes por semana e em casa. Tudo de bom! E além do relaxamento que me proporciona, realmente é excelente para modelar o corpo e combater as celulites.

13- Exercício físico

Atualmente faço apenas fisioterapia e caminho, inclusive com os meus cachorros (veja aqui o post que escrevi sobre atividades físicas simples, rápidas e prazerosas), porque ainda estou em fase de recuperação do ombro que operei.

Maria e Maya - legado de maria

Ainda este semestre pretendo iniciar uma atividade física, mas vou te falar a verdade, amiga, eu tenho preguiça de academia, começo uma atividade e depois de alguns meses enjoo e paro. Eu tenho que descobrir qual que me dá vontade de seguir em frente. Ainda chego lá!

Estes são alguns dos rituais relaxantes que fazem parte de minha rotina. Quais são os seus?

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te inspirado!

Beiiijos,

Maria Célia
17/03/2015

Como os “padrões de beleza” mudaram nos últimos 100 anos

image

Oi, amiga.

Se você é “enta” já deve ter percebido que em cada década a sociedade padronizava e ainda padroniza um ideal de beleza feminina, o que nos faz chegar à uma conclusão muito simples: não existe um “corpo dos sonhos” que dure para sempre, pois o corpo perfeito aos olhos da sociedade sofre mudanças constantes e é praticamente impossível nos enquadrarmos à todos eles, à todas essas mudanças.

Esse é apenas mais um motivo para sermos nós mesmas sempre, portanto amiga, vamos amar o nosso corpinho e cuidar bem dele com todo amor e carinho, de maneira saudável, com boa alimentação e atividades físicas, pois é nele que nós habitamos, não é mesmo?

Nas imagens abaixo podemos observar como o corpo físico de 1910 até 2010 se transformou muito ao longo das décadas. Durante este século o “corpo ideal” foi para magreza extrema, como os de modelos, até atualmente, pelas curvas de Kim Kardashian.

Em 1910, o pescoço padrão era comprido, os ombros inclinados com movimentos soltos, a cintura era fina e a beleza dos cabelos estavam nos cachos. A modelo Gibson Evelyn Nesbit era exatamente assim.

image

Essas mudanças não ficam apenas no corpo físico, elas também são muito claras nos estilos de roupas. Em 1910, por exemplo, podemos observar que os corpetes estavam super em evidência.

 Gibson Evelyn Nesbit

Em 1920 o padrão de beleza era mais próximo do corpo masculino, sem muitas curvas, pequeno e reto como uma flecha. Peito reto era o auge.

image

Nesta época as baixinhas dominavam Hollywood e a estrela do momento era Mary Pickford com apenas 1.50 metros de altura.

Mary Pickford

Mary Pickford

Em 1930, prevalecia uma feminilidade mais suave e a cintura fina voltou. A dieta do pão era usada para emagrecer. O samba e rumba se tornaram popular e requebrar o quadril entrou na moda. O busto ideal era 34B.

image

Jean Harlow era símbolo sexual nos anos 30.

Jean Harlow

A década de 40 foi das mulheres ‘pin-up’. Ombros largos, peito com formato militar, sutiãs “bullet” e “torpedo”.

image

As atrizes símbolos de beleza eram Lauren Bacall e Katharine Hepburn, ambas com 1.70 metros de altura.

image

Em 1950 o que dominava eram as curvas em abundância, peitos e quadris maiores. Foi nesta década que as propagandas de “creme para o busto” em frasco foram a sensação!

image
O perfil de beleza da época era a Marilyn Monroe e Elizabeth Taylor.

Marilyn Monroe e Elizabeth Taylor

Em 1960 prevalecia o corpo magro, sem curvas, com os quadris estreitos. O rosto bonito era delicado como de boneca. A anfetamina era prescrita para perda de peso.

image

A topmodel Twiggy era um dos sinônimos de beleza com sua estatura de 1.67 metros de altura e apenas 41 kgs.

image

Em 1970 a mulher ‘ideal’ era magra e alta. A marca de cigarros Virginia Slims, fazia propaganda dos cigarros como a solução para a perda de peso. Dr. Robert Atkins divulgava a dieta “sem carboidrato” dava adeus ao pão.

image

Farrah Fawcett se tornou garota propaganda dos anos 1970, ela era considerada uma das mulheres de corpo ideal da época.

image

Em 1980 a mulher ‘atleta’ e com alguns músculos prevalecia na época, pernas longas e sensuais. Os tops esportivos viraram moda. ZZ Top cantava “ela tem pernas e sabe como usá-las”.

image

Elle MacPherson destacava-se pelo seu corpo e tinha 1.80 metros de altura.

image

Em 1990 o corpo bonito e feminino era baseado nas modelos famosas que eram pequenas e de corpos finos. No final da década surgiu o Spanx, um corpete que ia do tronco às coxas.

image

A música Babby Got Back do rapper Sir Mix-a-lot destacava o corpo dos anos 90: “Eu estou cansado das revistas dizerem que bumbums retos são perfeitos”“Gordura faz de você gorda” se tornou o grito de guerra das dietas.

Sir Mix-a-lot

Os anos 2000 foi a década conhecida pela valorização dos músculos e de corpos magros, com abdômen tanquinho.

image

Com barriga malhada e de umbigo de fora, Britney Spears dança no MTV Video Music Awards.

image

Agora, nos anos 2010, o corpo violão é o “corpo ideal”.

image
Kim é, atualmente, um dos símbolos sexuais do mundo.

image

Viu, amiga, quanta mudança no padrão de beleza ao longo dos anos? Qual a década que você gostou mais? Com qual década você se identifica mais?

Espero que você tenha gostado!

Beiiijos,

PS: Todos esses gráficos foram criados pelo site Greatist.

Maria Célia
10/03/2015

Review: Creme lipoescultural anti-celulite da Lipofeme

Woman wearing panties

Olá, amiga.

Estou adorando este gel creme lipoescultural anti-celulite da Lipofeme. Em pouco tempo de uso já senti resultados no quadril e parte posterior das coxas. Minha pele está mais firme também. Super recomendo!

Creme anti celulite lipofeme - Legado de Maria

É muito simples de usá-lo. Depois do banho, aplique uma pequena quantidade do produto no local desejado e massageie até que ele desapareça da pele, pois isso quer dizer que ele já foi totalmente absorvido por ela.

Não se esqueça de investir em alimentação saudável e atividades físicas também para ter um resultado ainda melhor. Confesso que estou pecando um pouco nesse último quesito, mas também me organizando para resolver esse problema.

Espero que goste.

Beiiijos,

Maria Célia
25/02/2015

O que não pode faltar em um suco detox

image

Olá, amiga.

Hoje eu vou te contar o que não pode faltar em um suco desintoxicante, o famoso suco detox, que viraram febre nesse verão e se tornou queridinho de nós, brasileiras, com isso, você saberá como combinar ingredientes e ter sempre opções deliciosas para saborear e ter prazer ao beber.

Clorofila é um dos ingredientes que não pode faltar em um suco detox.  Couve, agrião, salsinha, salsão e hortelã são algumas opções. A substância facilita a limpeza do estômago com uma fruta rica em fibras, como a maçã, laranja, limão, mamão, morango, maracujá, abacaxi, kiwi, cenoura e beterraba, por exemplo.

Para a base do suco você deve usar líquidos que hidratam o corpo ou estimulam o funcionamento do fígado, como água filtrada, água de coco, chá de dente de leão, chá verde, chá branco ou chá vermelho.

E se você deseja emagrecer, acrescente ingredientes termogênicos, como o gengibre.

Dicas

Não precisa usar nenhum açúcar ou adoçante nos sucos, afinal, as frutas já são doces.

É muito simples fazer: Basta bater os ingredientes em um liquidificador. Normalmente não precisa coar antes de beber.

O ideal é tomar o suco detox em jejum para o corpo absorver melhor os nutrientes.

Não se esqueça que a alimentação deve ser apoiada nas atividades físicas para melhorar e assegurar a sua saúde, viu?! Principalmente nós “entas” hehehe

Espero que você tenha gostado e que eu tenha te ajudado!

Beiiijos,

Maria Célia
Topo